domingo, 31 de dezembro de 2017

RETROSPECTIVA 2017

Vamos ter um momento retrô, dando alguns destaques no que aconteceu em Beli em 2017, e foi registrado EMBELISARIOMG. A gente corre o risco de esquecer de algumas coisas, mas...
O ano começou com a posse do novo prefeito Grego, e dos novos vereadores. Belisário continuou com representação, com a eleição de Lelei. 
Já na semana seguinte à posse, o Prefeito Grego veio em Belisário agradecer a expressiva votação aqui obtida, trazendo com ele o seu Secretário de Agricultura Manoel Carvalho.
Que dor! Em fevereiro perdemos Rogerinho. Ele foi vítima de um acidente de moto, na Baixada Fluminense. Passou vários dias internado em hospital, naquela região, mas não resistiu. 
Mas a vida precisa seguir. Aconteceu o CARNABELI 2017. 
Também foi eleito vereador Reginaldo Roriz, essa, digo, esse no centro à foto. Ele tem muita relação com Beli, pois é casado com Daniela Coelho, que é "prata da casa". 
A prefeitura apoiou mandando um DJ e uma Escola de Samba lá de Muriaé.
Sempre aquele carnaval família.
Belisário recebeu o Secretário Estadual de Direitos Humanos de Minas Gerais, Nilmário Miranda, para uma visita ao Frei Gilberto, se solidarizando com ele pelas suas  ações de defesa do Meio Ambiente e na  conscientização de seus paroquianos na luta de preservação do patrimônio natural da região.
Aconteceu uma reunião no GAB-Grupo de Artes de Belisário, em face das ameaças recebidas pelo Frei Gilberto pelo seu trabalho em defesa dos valores naturais do entorno da Serra do Brigadeiro.
Também perdemos Aparecidinha, muito ligada ao nosso distrito.
Ainda no mês de março  o Dia Mundial das Águas foi comemorado pela Paróquia de Santo Antônio com uma caminhada.
Muitas  pessoas e entidades protetoras do Meio Ambiente se fizeram presentes,
Ainda em função da ameaça sofrida pelo Frei Gilberto, recebemos o jornalista Gabeira, que aqui veio para fazer uma matéria sobre a mineração de bauxita na Zona da Mata Mineira.
O programa foi ao ar poucos dias depois, na GloboNews.
No finalzinho de março Belisário se alegrou com a chegada de Júlia na casa de Robertinho e Leida.
Belisário se tornou a sede da Diocese de Leopoldina por um dia. Na Semana Santa recebemos o Bispo da Diocese, Dom José Eudes, que aqui celebrou a Missa de Quinta-Feira Santa quando são abençoados os óleos que serão utilizados para abençoar os catecúmenos e enfermos  e no ato do crisma.
Padres e seminaristas de toda a região aqui estiveram.
E também aconteceu a tradicional representação da Via Crucis, pela comunidade católica de Belisário.
Bruna Carvalho passou para Paloma Coelho a faixa de Rainha da Cavalgada de Belisário.
Os shows  da Cavalgada aconteceram, literalmente debaixo d´água. A turma enfrentou o barro para participar da festa.
A falta de acesso ao distrito comprometeu em muito a festa. As estradas ficaram fechadas em todos os sentidos. Muitas caravanas desprogramaram a vinda e algumas tiveram de voltar no meio do caminho. Essa turma de Laranjal conseguiu chegar.
Como se vê, o número de participantes ficou muito reduzido. Estrada continua sendo um gargalo para Belisário.
Mas teve alegria assim mesmo.
Por uma ação do Tenente Weslley, coordenador do patrulhamento nos distritos de Muriaé e outras regiões vizinhas, foi criada a RVP-Rede de Vizinhos Protegidos de Belisário. Vimos que  segurança não pode ser vista apenas como coisa da polícia. Que uma Rede forte traz o sentimento de segurança 
 O Capitão Sandro,Comandante da 76ª Cia PM de Muriaé também esteve presente. Mateus é um grande incentivador da RVP.
Essa foi a primeira turma a aderir à Rede. Muitos entraram depois.
Em junho o GAB criou o Projeto Balé na Serra,  que trouxe essa arte às nossas crianças. As que têm condições contribuem financeiramente. O GAB e alguns padrinhos ajudam nas despesas das que não podem pagar.
Essa foi a primeira aula, mas o grupo cresceu muito e você vai ver.
Dayse e Simone coordenam esse projeto.
Também o Professor Adelmir Perna retornou no GAB no seu projeto de aulas de pintura para adultos e algumas crianças
No dia 26 de junho aconteceu no GAB uma audiência pública promovida  pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas, em parceria com a Comissão de DH na Câmara Municipal de Muriaé, presidida pelo Vereador Reginaldo Roriz.
A pauta foi um debate sobre a ameaça de morte sofrida por Frei Gilberto Teixeira, no dia 19 de fevereiro último, em razão de sua atuação contrária à ampliação dos projetos de mineração de bauxita na Serra do Brigadeiro, aqui no Distrito de Belisário.
A Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas promoveu muitos programas interessantes durante 2017. Destacamos o Arraiá  da Pedro Vicente.
Muitos foram os  projetos interessantes da Educação Integral. estacamos uma caminhada pelas ruas de Belisário com distribuição de flores, pregando a paz.
Em junho mais uma chegada que alegrou Beli. A cegonha trouxe Isaac para Raquel e Wolninho.

Uh! É Nóis da roça! Uh! É Nóis da roça! 
O Estrela de Ouro desceu a serra para enfrentar o time de Rosário da Limeira.

Em disputa o título do Campeonato Amador de Futebol de Muriaé
Os times de Muriaé foram eliminados
A torcida de Belisário foi vibrante.
E olha aí o resultado;
É CAMPEÃO! É CAMPEÃO! É CAMPEÃO!
Que festa! E foi presenciada por belisarienses ilustres como Tio Mário, filho do Coronel Francisco Gomes Campos, por Marquinhos, filho de João Braga, e pelos filhos de Tio Ismael, da família "Izidoro". Todos esses fazem parte da história de Belisário.
A volta olímpica se deu na Arena Belisário.
Mais uma promoção do Grupo de Artes de Belisário. No dia 30 de junho aconteceu o Arraiá de Belisário.
Com a presença da nossa cerveja artesanal BEERLISARIO, que se consagrou no ano de 2017, em Muriaé e região.
Outro fato que abalou Belisário. Em setembro um carro despencou na serra, rolando por muitos metros, provocando a morte de Everaldo, ligado a Belisário por fortes laços de família e de  seu acompanhante.
E em outubro aconteceu a terceira versão do OKTOBEERLISARIOFEST.
Outro sucesso dessa programação do primo Renato Sigiliano e sua consagrada cerveja. Até a Banda Street Jazz de Muriaé esteve presente, A bela Rafela Vital foi a Rainha do Festival.
E Renato Sigiliano, que acreditou e vem investindo duramente nesse projeto de cerveja artesanal.
Dona Nina, que dá nome a um tipo de cerveja produzida, veio do Rio para  evento. 
Também o distrito foi abalado com a subida muito precoce para o céu  do anjinho Miguel, filho dos professores Markedson e Fernanda.
No domino 22 de outubro, no GAB, aconteceu um chá entre amigas, promovido pela Igreja Adventista, sob a coordenação de Marli Clemente, diretora do Ministério da Mulher.
O evento contou com a participação das mulheres da igreja e amigas da comunidade belisariense . A programação contou com atividades diversas, tais como: dinâmicas, sorteios de brindes, bate-papo e uma palestra sobre ansiedade frente às dificuldades dos dias atuais. 
Uma ótima participação feminina.
De novo a Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas foi destaque, na organização da Feira de Ciências.
O Professor Eduardo foi o coordenador da Feira.
A artista plástica Mirtes, Zé Maria Muniz, Renato e Pavão integraram a Comissão Julgadora.

Outro projeto que agradou a muitos em Belisário: Mente Ativa foi idealizado por  Sheila, Mirian, Simone e Léo Fonseca, tendo o GAB como entidade promotora. Envolveu pessoas da comunidade, que estão na  fase denominada  "maturidade"
Foram seis encontros semanais, a partir de novembro e o projeto será retomado em janeiro.
Lembra que eu falei que o Balé na Serra cresceu? Olha nossas bailarinas  se preparando para uma apresentação e final de ano, dia 8 de dezembro.
Foi uma noite memorável, que contou com a participação do grupo de balé de Rosário da Limeira
A Professora Cíntia ensaia os dois grupos e foi responsável pela montagem desse espetáculo, QUE PAÍS É ESSE? No sábado dia 9, a apresentação aconteceu em Rosário da Limeira, também com ambos os  grupos.
Mas nesse dia Mirian e eu partimos para Salvador, para passarmos o Natal com parte da família.
E cá estamos, postando essa e outras matérias.
O ideal seria que só viéssemos mostrar coisas agradáveis no balanço de 2018. Muitos ganhos e nenhuma perda. Mas isso certamente não acontecerá. Que Deus nos acompanhe durante os 365 dias que estão por vir, para celebrarmos com muita alegria os bos momentos e que tenhamos maturidade para enfrentarmos o que vier de ruim.

Finalizo com essas palavras cujo autor não é claro:

De tudo ficaram três coisas:
A certeza de que estamos começando,
A certeza de que é preciso continuar e
A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar.
Fazer da interrupção um caminho novo,
Fazer da queda um passo de dança,
Do medo uma escola,
Do sonho uma ponte,
Da procura um encontro,
E assim terá valido a pena existir!