quarta-feira, 30 de novembro de 2016

VAN HARTEWELKOM

BELISÁRIO E HOLANDA, 2 PAÍSES AMIGOS é o que diz o cartaz abaixo. Ele foi confeccionado por Alexon.
E qual é o motivo disso? Esses dois holandeses são a resposta. Eles são Karel, de óculos e a seu tio Tom Kalvers. Com alguma frequência vêm em Muriaé e dessa vez também vieram em Belisário.
Foram trazidos pelo primo Renato Sigiliano. Também fazendo parte da equipe o Dr. Francisco Rocha, advogado em Muriaé.
O motivo dessa vinda frequente de ambos a Muriaé é muito nobre. Quem é da região conhece o belo projeto do falecido Padre Tiago, natural da Holanda, que criou um projeto de construção de casas para famílias carentes, projeto esse que já beneficiou mais de 700 famílias.
Tom era amigo do Padre Tiago e tem sido, desde o início, o grande apoiador desse projeto. Ele adquire o terreno e uma comissão, para a qual o Dr. Francisco presta assessoria jurídica, cadastra e seleciona as famílias e com elas passam a construir as casas, através de mutirão. Empresários, comerciantes e pessoas físicas ajudam nessa empreitada, com mão de obra ou material de construção.
Quando as casas vão ser entregues, a dupla retorna a Muriaé e Tom adquire outro terreno e faz nova doação. 
Coisa de gente do bem. Pessoas capazes de mudar o mundo.
Um suco de abacaxi com hortelã. Eles são apresentados ao hortelã.
Em Minas se come uma comida mineira. Se preparada por Mirian, melhor ainda.
A toalha veio da Holanda, presente da amiga Bebeth, de Salvador. A holandesa que enfeita a mesa é presente da amiga Nina. 
Bebeth é mãe do meu genro Tiago e de Mila, que mora com Bob em Amsterdã, de onde acompanha o nosso blog com bastante frequência. Mila mandou pelo zap  a frase do cartaz.
Os doces são da terra.

Renato preparou o roteiro. Eles não podem deixar de conhecer a Cachoeira do Nahor.
 
Estava com um médio nível de água. Ontem, terça, aconteceu uma chuva muitíssimo  forte e estamos já há várias horas recebendo uma chuva fina. A cachoeira deve estar linda. O Rio Fumaça está fora do leito.
Pessoas pró ativas são diferentes. Tom tem 82 anos mas é super ágil. Logo vai abrir a porteira.

Outro ponto a visitar: a casa do casal José  e Maria Elza Carneiro.
Todos os receberam com muito carinho.
Estava bem quente. Debaixo de uma sombra é melhor  para conversar.
D. Maria Elza quer que eu fotografe esse mandacaru à noite, quando está todo aberto.

Mandacaru, quando flora lá na seca 
É o sinal que a chuva chega no sertão 

Toda menina que enjoa da boneca 
É sinal que o amor já chegou no coração 
Meia comprida, não quer mais sapato baixo 
Vestido bem cintado não quer mais vestir gibão (Luiz Gonzaga)
Sempre vale a pena mostrar a casa nova.
A bica na nascente reflorestada é uma referência e muito útil para as pessoas e animais que por aqui passam.,
Algumas até tomam banho.
Foi isso. Uma visita interessante e já estão de partida. Ainda irão ao Pontão e têm a tal reunião comunitária à noite.

É sempre bom poder mostrar gratidão às pessoas que pregam o amor e vivem a riqueza do Evangelho. Ainda mais aquelas que atravessam o seu continente para serem bênçãos na vida de um desvalido.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

A GENTE DESCE PARA UM MOTIVO MAS OUTROS APARECEM

Segunda, por volta de 9 horas, pegamos esse cenário na Serra de Belisário. Mas tem aquele velho ditado: serração baixa é sol que racha. E a gente iria encarar isso em Muriaé.
Cruzamos com esse carro. Opa! Virar e correr atrás.
Não pelo carro, mas pelos ocupantes. Já há muito queria ver os amigos Edson Cury e Áurea. Primeiramente para cumprimentá-lo pela eleição de Zé Maria como prefeito de Rosário da Limeira. Edson teve absoluta participação nisso, pelo belo trabalho que fez e que faz em toda a região.
Mas queríamos falar também sobre capacitação. Apesar das dificuldades pelas quais os órgãos públicos vêm passando, procuramos saber  os cursos que a EMATER pode fornecer pra Beli, no próximo ano. A conversa rendeu e ficamos de nos encontrar os três. 
Depois de tudo resolvido em Muriaé, uma passada pela FUNDARTE, para atualizarmos conversas com a amiga Gilga, atual diretora do órgão.
É claro que essa conversa aconteceu também com Flávia, a nova diretora geral que assumirá em janeiro. Tratamos dos nossos projetos para o GAB em 2017. Não tirei foto com ela.
Continuamos na expectativa de boas programações com a FUNDARTE na administração Grego.
Vamos ver mais gente importante. Mostrei aqui em mais de uma matéria o Professor Hermínio, Gestor da Casa de Saúde. Ele esteve no OKTOBEERLISARIOFEST e tem um canal que pode ajudar muito Belisário. Estamos esperando a sua vinda aqui logo, logo.

Bidico prometeu que viria no festival de cerveja e não apareceu.

De contato em contato, a gente vai conseguindo alguma coisa para o nosso Belisário. Deixa virar o ano pra gente ver tudo isso. 

Vamos voltar pro alto de serra. O calor tá pegando por aqui

MISSA DE SÉTIMO DIA


A família convida a todos para a Missa de Sétimo Dia em favor de Olacir Dário, amanha, quarta-feira, às 19 horas, na Matriz de Santo Antônio, em Belisário. 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

A CAMINHADA DE DOMINGO

Eu comentei o tombo que a patroa levou lá no Bussaco, em Portugal. Tornozelo inchado e com isso nada de caminhadas desde que retornamos.
Nesse domingo retomamos. Entramos na estrada do  Lindim, 
O café está na fase de formar grãos.
Isso não tem preço. Um cacho de bananas pra fora da estrada e ninguém pega. Samanta, sentada debaixo do pé é nossa companheira de caminhadas.
Eu ia perguntar ao nosso consultor, Dr. Dárcio, se isso é goiaba ou araçá. Mas não vou recorrer mais a ele, que atrapalhou o nosso negócio quando declarou que as aparições em meu quintal não era uma manifestação extra terrestres. Super desagradável. Tínhamos reservas na Pousada GAB até o réveillon, em função da notícia publicada. Todos cancelaram as reservas. Tem gente que parece ter prazer em atrapalhar o negócio dos outros. A própria NASA ainda não emitiu o seu parecer.
Esse ano vamos arrebentar de tanto comer manga.
Vamos lá!
Amo esse planalto.
Mauro e Olivar têm pastos arrendados por aqui.
Decidi pegar um garrote pra um churrasco de confraternização da turma da gincana.
Não é fácil pegar um touro à unha, ainda mais sem corda. Professor Vanderley  tem milhares de cabeça e nunca iria sentir falta desse. Deixa pra uma próxima.
Um belo animal.
Beli a vista.
Crescendo muito a criação de gado de corte na região.
E já estamos chegando na minha rua, agora pelo lado contrário..
Aqui "Tão" tem um haras,
Jogando um pouco de conversa fora, com ´Éder
Olha a cara desse mega empresário de carnes. Ele está pensando em arrematar a Friboi, sua concorrente direta.
Mírian valoriza muito plantas na frente das casas. Vai fotografando. 
Lá vêm 2 cavaleiros.
Túlio Amaral e Toninho do Barracão.
Éder Moreira entra no grupo
Tão também. Estão conduzindo 2 animais para serem sorteados na festa da Paróquia lá na Comunidade Franciscana, perto da Cachoeira do Nahor.
Casa a vista.
Galinha pastando na rua só mesmo em Belisário.

Depois da caminhada o domingo será mais agradável.