sábado, 31 de maio de 2014

ATENDEU BEM, TAMBÉM EM JF, VAI PRO BLOG

Ainda na quinta, lá em Juiz de Fora, fomos fazer mais uma tentativa de consertar o meu smartphone. Aqui em Muriaé duas lojas alegaram não ser isso possível, por ser problema de placa. Quem sabe lá...
Pois pode até não ter solução, mas o atendimento de  Diulle Ellen, que aparece entre Patrícia e Hugo na foto, na TESLA ELETRÔNICA, uma autorizada da SAMSUNG, já valeu a pena. A mocinha é fera no assunto e, de cara recuperou todas as minhas anotações, agendas, músicas, transferindo-as da memória da máquina para o cartão removível de memória, o que já me aliviou. De repente ainda tem conserto.
Perguntei se eles conheciam o EMBELISARIO lá e ela me revelou que vários empregados das lojas da Rua Barbosa Lima  já foram demitidos por ficarem o dia inteiro entrando no blog. Fiquei surpreso.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

UMA NOITE MARCANTE EM JF

Nesta quinta tomamos o rumo de Juiz de Fora. Tínhamos um belo compromisso lá.
Já falamos em matéria anterior  sobre a instituição que tem esse slogan.
Trata-se da companhia da Polícia Militar mineira que tem a função de dar apoio às operações militares nas ações em favor da população, através do ar. Nesse caso da 4ª COMPANHIA DE RADIOPATRULHAMENTO AÉREO, por helicóptero.
Eles pousaram aqui em Belisário do dia 21 de maio, para abastecimento da aeronave, quando transportavam órgãos recolhidos em Carangola, para transplantá-los na S. Casa de Misericórdia, em JF. Veja a matéria
http://embelisariomg.blogspot.com.br/2014/05/belisario-na-rota-de-uma-missao.html
Por termos tido o privilégio de colaborar com essa operação, de forma simpática o Comandante da 4ª CORPAER, Major Nelson Alexandre da Rocha Queiroz, que aparece na foto abaixo ao lado da esposa Janete, e que pilotava o helicóptero, nos convidou para prestar uma homenagem à Mirian, a mim e à comunidade de Belisário, que foi  muito solidária para com os militares.
Uma noite de Caldos...
Muita honra para o casal.
Os amigos Reginaldo e Zélia foram lá, a nosso convite.
Aos poucos os convidados vão chegando...
Um banda contratada com alto cachê?  Que nada, são militares da Companhia. O Tenente Franco, à esquerda, também esteve aqui, em Beli. Apresentaram músicas em inglês, e outras da MPB, todas de muito bom gosto.

... e a gente vai se servindo. Sei do risco que corro perante alguns críticos que falam que em todas as matérias eu estou comendo algo. Não procede!
E quem fez a comida e ornamentou esse salão? Certamente que um buffet foi contratado, né? Negativo. Os militares fizeram tudo. O Sargento Rogério, que aparece à esquerda na foto abaixo, foi visto correndo prá lá e prá cá na cozinha. Nem foi fotografado no evento.
O militar que aparece no centro não participou da operação aqui em Beli. Estavam todos os da Companhia lá, acompanhados das esposas e também algumas pessoas amigas.
Percebe-se um forte espírito de companheirismo entre eles.
O sargento Max com a noiva. 
Lembrou-se?
O sargento Ronald, à esq., também aqui esteve.
Assistimos um vídeo sobre a Companhia, que está comemorando 4 anos de fundação. Ela atende a região mostrada em vermelho: Zona da Mata e Sul de Minas.


Olha a data de sua criação abaixo!  Vimos no filme que as obras foram realizadas com a mão de obra dos próprios militares.

É nítido o nível de comprometimento da equipe. Também adotam esse lema: "Não nos perguntem se somos capazes: dê-nos uma missão"


Nesses quatro anos foram realizadas por eles 679 missões policiais e 134 missões ambientais, como dar apoio no combate a incêndios em parques estaduais. Muitos carros e motos foram por eles recuperados e bandidos presos, inclusive assaltantes de banco em cidades próximas. " Nós vibramos por sermos úteis à sociedade", declarou o Major.
Em sua fala ele também fez a apresentação dos novos militares que passam a integrar à 4ª  Companhia. 
O Sargento Marcos Silva e o  Sargento Dias. Explicou que na CORPAER os militares entram por convite, pelo valor que têm.
Ele nos convidou para recebermos o certificado...
... que nos foram entregues pelo Sargento Ronald e pelo Tenente Franco.




Mas não fomos somente nós dois os homenageados. O Major Queiroz destacou o apoio e a simpatia de todos de Belisário, desde a recepção no Mercadinho do Robertinho, que para eles liberou as ligações  e se comprometeu em ficar perto do telefone, sem fechar o mercado, para atender acompanhar a pick-up que estava vindo com o combustível de Ubá,  na rota por ele indicada, e também pelo mutirão no transporte dos galões de combustível da rua para o campo, apoio na operação de abastecimento... O certificado vai ara o Museu Tic-Tac.
 
Agradecemos tão significativa homenagem a todos nós, sem deixar de destacar o respeito que temos pela nossa Polícia Militar, principalmente nesse momento difícil que ela vem atravessando, desrespeitada por muitos, sob o incentivo da mídia, que ajuda na promoção dessa descabida inversão de valores em nosso país, promovendo bandidos à condição de heróis e policiais como se bandidos fossem. 
Mirian também se pronunciou, oferecendo Belisário como opção de passeio para os presentes, pelas suas  belezas naturais e pelo povo que aqui temos.
O nosso blog também teve a matéria projetada, pelo Sargento Ronald.
O Major Queiroz nos apresentou as dependências da Companhia, que fica bem no alto, na área do 2º Batalhão, no Bairro Santa Terezinha. Juiz de Fora lá em baixo.
Os quadros na parede  gabinete mostram diversas ações da 4ª CORPAER. essa foi em Eugenópolis. Como foi durante o dia, a visita ao helicóptero foi liberada para a garotada. Sempre fazem isso, quando possível.
Mas na PM não pode parar. A gente em festa mas o Sargento Washington estava de plantão, numa outra Companhia que funciona no prédio ao lado, para receber as ocorrências pelo telefone.

Sobre isso fiquei impressionado como todos em Juiz de Fora estão reclamando do aumento elevadíssimo da violência naquela cidade. Culpar a polícia é o argumento mais fácil, mas não é o mais inteligente.



Uma noite muito legal que nos encheu de orgulho. Retornamos hoje para Beli.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

ACONTECEU A REUNIÃO DO CONSEP

Sempre na última quarta-feira de cada mês ela acontece. Em função da programação de maio da Igreja, esse mês a reunião foi na casa do presidente, Antônio Balbino.
A reunião foi proveitosa. José calais pediu para justificar a sua ausência.

Dela podemos destacar:
  1. O tesoureiro Francisco Oliveira fez uma detalhada prestação de contas a partir das primeiras prestações recebidas do carro do Conselho que foi vendido. Foram 10 prestações de 310,00, que foram utilizadas para pagar despesas com a manutenção da viatura e outras, devidamente comprovadas, restando um saldo de apenas R$ 39,30. Na primeira feijoada foram arrecadados R$ 1.196,00, que foram usados para pagamentos outros, restando um saldo de R$ 411,00. Como a segunda feijoada, realizada domingo passado, rendeu apenas R$ 562,00, o saldo passou para R$ 973,00 suficiente para zerar todas as dívidas anteriores, junto à oficina de manutenção do carro, restando um saldo de apenas R$ 38,00.
  2. O prefeito Dr. Aloysio, atendendo a pedido do órgão, marcou uma reunião com a sua diretoria na próxima terça, às 15 horas. A pauta será o pedido do necessário apoio da prefeitura ao CONSEP-Belisário.
  3. Foi informado o início do Campeonato de FUTSAL logo após a Copa do Mundo, devendo este acontecer em parceria com a Escola Estadual.
  4. Quanto ao segundo orçamento do sistema de monitoramento do distrito, através de câmeras, Cléber informou que a SEGPLAM ainda não forneceu, embora tenha sido dela solicitado. O assunto deverá voltar na próxima reunião, também com maior consistência, depois da reunião com o prefeito. 

HOJE FOI DIA DE MUSEU EMBELISARIO

Algumas professoras da Escola Estadual Pedro Vicente de Freitas agendaram com D. Nina uma visita ao Museu Tic-Tac. Dona Nina vai explicar nos seus comentários a razão desse nome.
Alguns retoques nas peças...
... porque as turmas estão chegando. São da 6ª e 7ª séries.
Professora Denise leciona história. Tudo a ver com a visita.
O Museu foi dividido em áreas. D. Nina vai passando por cada uma delas...
... sob os olhares atentos da garotada. Já foi anunciado que no final haverá uma avaliação, com prêmios.
Profa. Dany, de Ciências e Biologia ao lado de Mirian...
Essa área guarda acervos e informações das diversas igrejas locais. São 22 templos em toda a região urbana e rural.
Eram mais de 60 alunos. Foram divididos em grupos de 15. Enquanto uns visitavam o Museu, os outros aguardavam no jardim.
Sob os olhos atentos das professoras. Ivânia, Edimília, a supervisora do turno da tarde, Profa Andreia (E. Física) e Denise (história). 
Um belo jardim.
Vamos voltar para ver a outra turma.
Quando se volta naquele tempo, não se pode omitir a famosa "palmatória", que castigava os que não sabiam a lição e aprontavam alguma.  Hoje se discute até o limite dos pais na hora de dar uma palmada.
Utensílios de cozinha. Olha o tamanho do tacho de rapadura. A Vigilância Sanitária tenta hoje proibir o pessoal da zona rural de produzir rapadura. Coitado desse nosso produtor. Acaba virando vítima do tráfico humano, ao ser obrigado a ir para os grandes centros urbanos e viver, muitas vezes,  de forma indigna, em função dessas aberrações da "burrocracia".
Foram informados das primeiras famílias, das datas marcantes de fundação do povoado, da elevação à categoria de distrito...
Dos que primeiramente aqui se instalaram, o primeiro cartório, a política, o comércio da época e do atual, de algumas famílias que se destacaram ...
Última turma...
A mãe dessa aluna também foi aluna de  Profa. Andreia. Já não é novinha essa professora, né?
A avaliação tinha 10 questões.
As professoras ajudam D. Nina nessa hora.
E essa comissão corrige, a medida que eles vão entregando. Alexon e Tavinho estão muito sebosos. Por trabalharem com D. Nina aprenderam muita coisa.
2 estudantes ganharam o primeiro lugar, acertando 8 questões: Lucas Gomes Godinho ...
E Rayane Aparecida Dias de Oliveira.
Agora vem o pessoal do segundo lugar. Foram vários os que acertaram 7 questões.
Um simples cartãozinho...
... acompanhado de uma nota de R$ 10,00. Olha a cara de alegria de Helen!
Esses também levaram 10 paus. Receberam prêmio todos os que acertaram até 6 questões.
 
Muito legal e proveitosa a tarde. A Profa. Dany agradece a D. Nina pela hospitalidade, a aula no Museu e os prêmios ofertados. Foram 15 ao todo.
A foto oficial.
E vamos voltar prá Escola.